sábado, 14 de maio de 2011

O renascer. O comedouro

    A sala de jantar tal como a conhecemos hoje não existia em solares ou casas nobres no séc. XVII. É uma divisão recente, criada no séc.XIX, nas casas burguesas. Contudo em algumas antigas casas senhoriais  existia um espaço, primórdio da sala de jantar, denominado o comedouro. Espaço criado entre as câmaras a um nível superior à cozinha para  servirem as refeições aos senhores. 
    A propósito refere-se na "Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira" : Comedouro,s.m.(...); lugar onde se come; refeitório: "E, através da biblioteca, penetramos na sala de jantar... -- Viva o meu príncipe! Sim senhor... Eis aqui um comedouro muito compreensível e muito repousante", Eça de Queiroz, A cidade e as Serras,cap 2, p.40.
    O Solar dos Morgados de Vilartão é um edifício do princípio do séc.XVII construído em parte sobre uma construção muito recuada, possivelmente da época romana. O edifício através dos séculos em pouco foi alterado mantendo-se fiel à sua planta original. 






   
 Eis algumas imagens do comedouro do Solar dos Morgados de Vilartão onde existe um armário em tom verde embutido na parede e um belíssimo lavatório em pedra. O soalho desta sala é ainda o de origem.


    Bibliografia
    Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira, vol.VII, p.228, Lisboa, Editorial Enciclopédia, Limitada, 1987.

1 comentário:

  1. Adorei a fonte em pedra.

    a Sala de jantar não é bem burguesa. Surge nos finais do XVIII nas grandes casas fidalgas e a moda vai-se difundindo pelo século XIX fora.

    Antes desse período, a sala de jantar pode ser instalada em qualquer divisão. Usa-se um estrado, umna grande tábua, que se pode cobrir com ricos panos. Da mesma forma os talheres eram diminutos. Cada um trazia a sua faca.

    É em em França, que esses hábitos de comer a uma sala de jantar, com uma baixela e talheres se inicia no século XVII, sofistica-se ao longo do XVIII e vai-se generalizando pelas famílias burguesas no XIX.

    Abraços

    ResponderEliminar