quarta-feira, 29 de junho de 2011

O renascer. A criação do Morgadio de Vilartão no séc.XVII.



    Instituído o morgadio no séc.XVII


   O Morgadio de Vilartão foi criado no princípio do séc.XVII  por Álvaro de Morais Soares, filho de Aleixo Gonçalves Soares e de D. Helena de Gois  de Morais, de Vinhais.




  Casou em Vilartão com D. Maria Teixeira, filha de Gaspar de Lobão, Cavaleiro da Ordem de Cristo.
  Mandou construir a capela situada em frente ao solar em 1644.




  Sem filhos nomeou para administrador do morgadio seu sobrinho, 2º Morgado, Pedro Aires Soares Machado, Governador do Castelo de Monforte que casou com D. Maria de Sá Pereira do Lago,  da Castanheira.


Castanheira . Solar dos Pereira do Lago
  O 3º Morgado, Álvaro de Morais Soares,  filho do morgado anterior, Capitão de Cavalaria do Regimento de Ligeiros de Chaves, casou com D. Catarina  de Lobão Carneiro.


Florete Séc. XVII -- Casa do Souto Gavião. Famalicão
  O seu descendente, o 4º Morgado, Álvaro de Morais Soares Carneiro, casou com D. Rosa Ferreira Frias de Morais Sarmento, filha de Manuel Frias de Morais Sarmento, Morgado de Carrazeda.


Cruz quinhentista Flamenga.
Casa do Souto Gavião. Famliccão
   Actualmente na décima primeira titularidade, o Solar de Vilartão e as terras do extinto morgadio continuam na família Morais Soares. 




 Bibliografia:
    Ferreira, Maria Aline, DR. Armando Morais Soares. O último João Semana, Coimbra, Gráfica de Coimbra 2, 2.º edição,2008.      




2 comentários:

  1. Adoro as janelas!!

    E os objectos que mostrou são...=O Lindos!


    Um abraço
    Flávio

    ResponderEliminar
  2. Os objectos ganham vida quando inseridos em contextos.
    Obrigado pelos seus comentários.

    Jmalvar

    ResponderEliminar