quinta-feira, 14 de julho de 2011

O renascer. O Solar de Vilartão e as gravuras na pedra.

   Aparecem gravuras na pedra que despertam curiosidade.
  O que representam o que significam?





 Desenhos gravados na pedra encontrados no Pátio Grande ou das Cavalariças                                                 



 
                               No portão do Pátio Grande




Na quinta de Picões.
 

5 comentários:

  1. Realmente intigantes
    !

    Serão pedras sigilatas, isto as marcas que os canteiros iam deixando nas pedras para assinalar o seu trabalho? Há igrejas românicas em Portugal e mesmo muito mais tardias, em que quase cada pedra tem uma marca

    Abraços

    ResponderEliminar
  2. Há muitos anos atrás era costume os pedreiros fazerem este tipo de marcas nas suas pedras. Desta forma poderiam facilmente identificar quantas pedras tinham trabalhado para depois poderem ser pagos. É possível ver pedras com estas características em edifícios como o Mosteiro da Batalha ou o Castelo de Montalegre.
    Neste caso específico, coloco a hipótese destas pedras terem pertencido a antigos castros ou a antigas construções erigidas na Idade do Ferro que poderiam ter existido nas proximidades desse local. Não conheço o edifício em questão, mas provavelmente existirão vestígios de antigos castros. Já não estou certo se foi no livro "A Carta Arqueológica de Valpaços" de Adérito Freitas, ou no livro “Os Caminhas da Memória Freguesia de Bouçoais” de Maria Aline Ferreira, que foi colocada a hipótese de muitas das pedras da Igreja de Lampaça (com símbolos semelhantes a estes) terem pertencido a castros e a antigas construções erigidas na Idade do Ferro. Estas poderão ter sido esculpidas na mesma época em que foram inscritas as gravuras rupestres de Lampaça (3.000AC a 2.000AC), uma vez que existem vestígios de uma antiga muralha a Este destas gravuras. Muitas das pedras destas antigas muralhas e antigas construções foram reutilizadas para novas construções ao longo dos anos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Manuel Paulo

      Muito interessante este tema. São sempre bem vindos comentários.
      Obrigado pelo seu contributo

      Eliminar
  3. Boa noite

    Há pouco tempo li e vi um site sobre judeus e verifiquei que os sinais das ombreiras das portas tinham sinais muito idênticos aos que nos mostra.
    Estão relacionados com judeus, cristãos-novos etc...

    Maria Manuel

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cara Maria Manuel

      Obrigada pelo seu comentário.

      Também começo aceitar que se tratam de marcas de pedreiros de cistãos-novos, mesmo neste caso, registados numa casa senhorial.

      Joaquim de Azevedo

      Eliminar