quinta-feira, 18 de outubro de 2012

O Solar de Vilartão. Os jardins do Pátio das Cavalariças.


O Solar de Vilartão.
Os jardins do Pátio Grande.





  As obras de intervenção foram pesadas neste pátio. Devolveu-se-lhe a luz perdida e fez-se-lhe um chão novo.






  Posteriormente foram plantadas as trepadeiras que em pouco tempo percorreram e cobriram a antiga estrutura de cimento.
  Mais um ano bastará para cobrir toda a estrutura de betão .












  Também aqui a glicinea tem vindo a crescer rápido e ...



  Espera-se um resultado semelhante, para breve, como as imagens seguintes exemplificam.
                               
                                          Entrada muy primaveral. Glicinias
                                   






  Balcão sobre o pátio a aguardar novas plantas que ficarão aqui resguardadas dos nevões e do calor intenso do verão . 




  Recanto antes e depois da intervenção com a pia de pedra agora cheia de sardinheiras.










    Fases da recuperação a um dos acessos à cozinha.



   Pátio este privilegiado pelos pássaros, enchendo-o com os seus voos e cantos.








6 comentários:

  1. Olá Joaquim
    Sou uma seguidora assídua do teu bloog
    Esta é sem duvida a mais bela das imagens
    Um abraço. E parabéns.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Maria Helena.

      Agradeço o comentário.
      Fico contente
      porque agradaram as fotos do post.

      Eliminar
  2. Adorei a última fotografia com as andorinhas na janela, que coisa tão poética.

    Julgo que as Glícinias são uma boa aposta. É uma trepadeira vigorosa, resistente ao frio e calor e depressa cobrirá o cimento.

    O nosso amigo Zé Júlio do http://o-bau-do-zejulio.blogspot.pt/ costuma misturar terra ao cimento para obter uma cor mais natural e menos agressiva e resultado é muito bonito. Uma boa sugestão para futuras obras no solar de Vilartão


    Um abraço

    ResponderEliminar
  3. Olá Luís

    As fotos das andorinhas foram tiradas pela minha mulher. De facto, são bandos e bandos das mais diferentes espécies que fazem muita cantoria logo muito cedo.

    Não juntei saibro ao cimento porque não lhe quero tirar resistência. As paredes têm pedras muito pequenas e a precipitação é muito elevada. Talvez passe por uma coloração.

    Um abraço

    ResponderEliminar
  4. Respostas
    1. Olá Isabel
      É de facto, e o maior dos três.
      Um abraço

      Eliminar